Bloqueador de fraude

Jieya

Bem-vindo ao Nanjing Jieya e fabricante de máquinas extrusoras

produto principal

Máquina de composição de plástico
Máquina de fazer materbatch
Extrusoras de parafuso duplo série SHJ
Extrusoras de parafuso duplo série HT
Preciso de ajuda?

Aqui estão alguns bons lugares onde você não pode começar.

Junte-se à comunidade

O guia definitivo para configurar uma linha de produção WPC

Este extenso manual de instruções irá orientá-lo nas fases básicas e aspectos vitais da configuração de uma linha de produção eficiente para Compósitos de Madeira e Plástico (WPC). Esta fonte pode ser um ponto de referência sólido durante o processo de configuração, seja você um produtor experiente que busca expandir sua linha de produtos ou um novo participante em um mercado promissor de WPC.

Abordaremos muitas áreas, incluindo a seleção de matérias-primas, a compra de máquinas especializadas, a otimização do fluxo de produção e o acompanhamento dos padrões de controle de qualidade. Além disso, este documento discutirá considerações económicas como análise de custos e retorno do investimento, garantindo assim que se tenham linhas de produção financeiramente viáveis. Ao terminar de ler este artigo, você deverá ser capaz de estabelecer e operar linhas de produção WPC de maneira lucrativa, pois isso fornece insights acionáveis aliados ao conhecimento.

O que é WPC e como funciona a linha de produção WPC?

O que é WPC e como funciona a linha de produção WPC?

Compreendendo o composto plástico de madeira (WPC)

Wood Plastic Composite (WPC) é um material fabricado que consiste principalmente de fibras naturais de madeira e polímeros termoplásticos. Quando estes dois elementos são reunidos, criam um produto com a resistência e a beleza da madeira e a resistência e as qualidades de baixa manutenção do plástico. Farinha de madeira e resinas poliolefínicas como polietileno ou polipropileno são as principais matérias-primas utilizadas na fabricação de WPCs. Essas substâncias são misturadas, aquecidas até o ponto de fusão e depois forçadas através de uma extrusora, onde assumem diferentes formatos dependendo da necessidade, como tábuas de deck, painéis de vedação ou peças de mobiliário para exteriores. Um de seus principais benefícios em relação a outros compósitos reside na resistência à absorção de umidade, que leva ao apodrecimento; a decomposição causada por insetos que a comem também pode ser evitada, tornando este tipo ainda mais adequado para aplicações externas onde as madeiras tradicionais não apresentam desempenho devido à sua vulnerabilidade à exposição à água - esta vantagem por si só é responsável por muito sucesso alcançado pela indústria de compósitos de madeira e plástico até agora .

Os princípios básicos do processo de extrusão WPC

O Extrusão WPC O processo envolve várias etapas críticas que garantem que os materiais sejam misturados, moldados e resfriados adequadamente para formar o produto final. Inicialmente, a farinha de madeira e os polímeros termoplásticos são misturados em proporções não homogêneas. Extrusoras de rosca dupla podem auxiliar nessa mistura, proporcionando alto cisalhamento e eficiência de mistura.

Depois de misturar bem as matérias-primas, uma mistura aquecida passa por uma matriz que lhe confere sua forma ou perfil final durante o processo de extrusão. A temperatura deve ser controlada com precisão em todos os pontos deste procedimento para não degradar nenhum material e manter a uniformidade nas propriedades. Isto é necessário para o resfriamento imediatamente após a extrusão; portanto, devem ser imersos em banho-maria ou borrifados com ar até que ocorra a solidificação, evitando assim que se deformem ou distorçam sua forma.

Por vezes, uma vez arrefecidos, alguns perfis podem necessitar de ser cortados em comprimentos específicos e posteriormente tratados na superfície ou gofrados de modo a melhorar as características decorativas e funcionais. Portanto, a uniformidade deve ser controlada o tempo todo. Parâmetros como temperatura, pressão e consistência, entre outros, são continuamente verificados durante os procedimentos de controle de qualidade, uma vez que esses fatores os afetam criticamente, garantindo assim que apenas produtos que atendam a rígidos padrões de excelência saiam das portas da fábrica. Os fabricantes podem alcançar muitos tipos diferentes de aplicações WPC se manipularem essas variáveis com precisão, pois isso lhes permite criar variáveis fortes que duram muito além de terem boa aparência também.

Componentes críticos de uma linha de produção WPC

Uma linha de produção de compósitos de madeira-plástico consiste em muitos componentes essenciais para fabricar produtos WPC de qualidade. Aqui estão algumas partes principais:

  1. Sistema de Alimentação de Matéria Prima: Este sistema é responsável por alimentar de forma precisa e consistente farinha de madeira, polímero termoplástico e aditivos na extrusora onde deveria estar. Diferentes funis, alimentadores ou unidades de dosagem podem ser usados para obter proporções corretas de materiais.
  2. As máquinas extrusoras de parafuso duplo são frequentemente usadas na linha de produção de perfis wpc: A extrusora de parafuso duplo atua como o coração de cada linha, fornecendo intensa mistura, aquecimento e cisalhamento de matérias-primas, o que resulta na criação de uma mistura homogênea. Consiste em parafusos entrelaçados colocados dentro de um cilindro aquecido, permitindo que diferentes componentes se misturem de maneira mais uniforme.
  3. Matriz de extrusão: Esta peça molda a mistura WPC aquecida no formato de perfil desejado. Sua função é manter níveis uniformes de pressão e temperatura; portanto, os produtos extrudados devem ter dimensões uniformes com boas propriedades de acabamento superficial.
  4. Tabela de calibração: Os perfis que saem da cabeça de rosca requerem modelagem e resfriamento imediatos. Assim, esta unidade é útil durante esses estágios, ou seja, os canais de vácuo os atraem enquanto o resfriamento a água mantém sua precisão dimensional e qualidade de superfície para maior vida útil após o uso em aplicações externas onde a exposição constante à luz solar pode causar degradação rápida, reduzindo significativamente a vida útil. .
  5. Sistema de resfriamento: Assim que os perfis são formados, eles precisam ser resfriados para que se tornem suficientemente sólidos, evitando sua deformação devido à torção causada pela retração posterior quando expostos à atmosfera em temperaturas mais baixas do que as experimentadas durante o processamento. Portanto, o resfriamento eficiente é necessário se a integridade estrutural e a estabilidade dimensional forem mantidas em todas as fases.
  6. Unidade de transporte: Após sair da mesa de calibração, que fornece o formato inicial antes de finalizar os tamanhos através das unidades de corte, vem a seção de transporte, onde cada peça é puxada continuamente na mesma proporção até atingir o comprimento especificado necessário sem obter esticado excessivamente, resultando em aparência deformada posteriormente, o que pode afetar adversamente o desempenho, especialmente propriedades de resistência como capacidade de momento fletor ou razão de módulo de cisalhamento, etc., sendo considerações importantes para quaisquer cálculos de projeto de engenharia envolvendo tais materiais usados em projetos de construção.
  7. Unidade de corte: Uma vez concluído o transporte, os perfis ainda são mais longos que o necessário; portanto, torna-se essencial cortá-los nos comprimentos desejados usando diferentes ferramentas de corte, como serras ou guilhotinas, que podem proporcionar cortes mais precisos dependendo dos requisitos específicos, quer seja necessário produzir apenas bordas retas junto com outras que também tenham superfícies curvas. assim, alcançar a precisão torna-se mais fácil devido à flexibilidade oferecida através destas opções disponíveis durante a operação desta unidade.
  8. Unidade de tratamento de superfície/gravação: Os sistemas de tratamento de superfície devem ser considerados opcionais porque nem sempre são necessários, mas melhoram o apelo visual e melhoram as qualidades de resistência ao deslizamento dos produtos WPC. O relevo ou a texturização podem criar uma aparência de madeira na superfície, o que a torna mais atraente para uso externo, onde tradicionalmente são usados materiais naturais como a madeira; alternativamente, acabamentos lisos podem ser alcançados se for necessário reduzir o escorregamento, especialmente em áreas molhadas propensas a acidentes causados por quedas de pessoas devido ao deslizamento sobre superfícies não revestidas feitas de plástico que tendem a se tornar escorregadias quando molhadas, portanto, revesti-las adequadamente resolveria esse problema permanentemente.

Sistema de Controle de Qualidade: Ao longo de todo o processo de fabricação, determinados parâmetros necessitam de um monitoramento rigoroso, pois qualquer desvio dos limites estabelecidos pode levar à rejeição do produto acabado, daí o desperdício de tempo e dinheiro.

Quais são as matérias-primas essenciais para a produção de WPC?

Quais são as matérias-primas essenciais para a produção de WPC?

O papel do plástico e da madeira no WPC

Os compósitos madeira-plástico (WPC) consistem principalmente em plástico e madeira. Polietileno, polipropileno ou PVC geralmente dão a parte plástica desse material. Eles são usados devido à sua resistência, flexibilidade e resistência a fatores ambientais como umidade e radiação UV, e servem como matriz polimérica apenas para fins de reforço. Serragens, farinhas de madeira ou fibras de celulose atuam como enchimentos em tais compósitos, ao mesmo tempo que proporcionam rigidez para que possam suportar cargas melhor do que qualquer outro tipo sozinho - proporcionando também uma textura natural adorável que muitas pessoas também consideram atraente! Quando você combina essas coisas, você obtém WPC (Wood Plastic Composite). Possui todos os benefícios associados ao plástico e à madeira, tornando-se versátil o suficiente para diversas aplicações sustentáveis.

Escolhendo a matéria-prima certa para sua linha de extrusão

Selecionar as matérias-primas certas para sua linha de extrusão WPC é importante se você deseja o melhor desempenho e qualidade do produto possível. Algumas das coisas que precisam ser consideradas são:

  1. Tipo de Plástico: A escolha entre PE (polietileno), PP (polipropileno) ou PVC (policloreto de vinila) como matriz polimérica depende das propriedades que você deseja em seu produto final. O PE é bom para flexibilidade e resistência ao impacto, o PP é melhor para resistência mecânica e rigidez e o PVC oferece excelente durabilidade e resistência às intempéries.
  2. Massa para madeira: Diferentes tipos de massa para madeira, como serragem, farinha de madeira ou fibras de celulose, devem ser escolhidos de acordo com seus requisitos de rigidez e textura, especialmente na produção de compósitos plásticos de madeira. Partículas mais finas proporcionam acabamentos mais suaves, enquanto as mais grossas podem melhorar a resistência estrutural.
  3. Aditivos: Adicionar estabilizadores UV, agentes de acoplamento, corantes, etc., aumentará significativamente a vida útil, a aparência e o desempenho dos produtos WPC. Essas substâncias os ajudam a resistir a diferentes condições ambientais e a manter sua beleza intacta ao longo do tempo.

Ao considerar esses pontos, os fabricantes podem garantir que suas linhas de extrusão produzam materiais WPC de alta qualidade, duradouros, visualmente atraentes e amplamente aplicáveis.

Como selecionar as melhores máquinas de extrusão WPC?

Como selecionar as melhores máquinas de extrusão WPC?

Tipos de máquinas de extrusão WPC

Ao escolher as melhores máquinas extrusoras WPC, é essencial saber quais tipos estão disponíveis.

  1. Extrusoras de parafuso único: São versáteis e podem fazer muitos tipos diferentes de perfis WPC. Eles são simples e baratos, por isso funcionam bem em linhas de produção de pequeno e médio porte.
  2. As extrusoras de rosca dupla oferecem melhor mistura e composição, o que significa que as fibras de madeira e outros aditivos são distribuídos de maneira mais uniforme por toda a matriz polimérica. Esse tipo funciona melhor quando é necessária uma produção de alto volume com qualidade consistente, como produção em grande escala.
  3. Máquinas de coextrusão — As máquinas de coextrusão são importantes para qualquer linha de produção de compósitos de madeira-plástico. Este processo envolve o uso de múltiplas extrusoras para criar estruturas em camadas dentro de perfis WPC, combinando vários materiais para que possam possuir melhores propriedades de superfície, como maior resistência UV ou estabilidade de cor. Esses dispositivos permitem a fabricação de produtos multicamadas de qualidade superior a partir de WPCs.

O tipo a ser usado depende de quanto precisa ser produzido, da aparência ou do formato do produto final e de quanto dinheiro se tem para gastar.

Fatores a serem considerados ao escolher máquinas de extrusão WPC

Há muitas coisas importantes a serem consideradas ao escolher as máquinas de extrusão WPC para garantir o melhor desempenho e qualidade do produto. Aqui estão alguns deles:

  1. Compatibilidade de materiais: A máquina deve funcionar com as formulações exatas de polímeros e fibras de madeira que você pretende usar. Diferentes materiais podem exigir diferentes tipos ou modelos de máquinas.
  2. Capacidade de produção: Deve-se tentar ao máximo equilibrar a capacidade de produção (perfis plásticos e linha de produção de placas) e a demanda para que não fiquem fora de sincronia. Isso significa que deve-se selecionar uma máquina cuja produção corresponda ao volume alvo diário. É bom ressaltar que quem produz em grande escala precisará de unidades de alta capacidade, enquanto quem tem tiragens limitadas pode optar por unidades pequenas na linha de produção de compósitos plásticos de madeira.
  3. Níveis de automação: determine quanta automação cada modelo possui. Isto terá impacto tanto na economia de tempo durante as horas de operação quanto na consistência dos produtos acabados devido à uniformidade proporcionada pelos robôs, mesmo que controlados por diferentes operadores em vários momentos.
  4. Eficiência energética: Considere se o equipamento é energeticamente eficiente antes de comprá-lo, pois esse aspecto afeta diretamente os esforços de conservação ambiental. Por exemplo, estes aparelhos poupam energia, reduzindo assim as contas pagas mensalmente pela electricidade consumida num determinado período e minimizando o potencial de aquecimento global associado à queima de combustíveis fósseis durante o processo de produção.
  5. Facilidade de manutenção: Uma boa máquina wpc, especialmente Jwell, requer verificações regulares, por isso há necessidade de fácil acesso durante a manutenção, além de disponibilidade de peças sobressalentes, que podem ser necessárias caso alguns componentes se desgastem mais rapidamente do que outros, levando assim a mais tempo tempos de inatividade.
  6. Custos iniciais vs. ROI: Às vezes, pode custar mais no início, mas produzir melhores resultados posteriormente; portanto, analise bem a sua situação antes de tomar qualquer decisão relativa a estes dois aspectos. Caso contrário, os produtos de melhor qualidade exigiriam preços mais elevados inicialmente impostos, ganhando assim reconhecimento ao longo do tempo pelos consumidores devido à sua singularidade entre os concorrentes, onde outros factores como a durabilidade também desempenham um papel significativo no sentido de influenciar a atitude dos clientes em relação a esses produtos, conduzindo eventualmente a um aumento volumes de vendas.

Suporte técnico e treinamento: O pessoal precisa ser bem treinado, daí a necessidade de suporte técnico dos fabricantes. Isto irá ajudá-los a operar de forma eficiente, minimizando erros durante o processo de produção, melhorando assim os níveis gerais de desempenho organizacional.

Quais são as aplicações dos perfis WPC?

Quais são as aplicações dos perfis WPC?

Painéis de parede WPC e seus benefícios

Os painéis WPC podem ser usados em vários ambientes, incluindo edifícios residenciais e empresas que produzem compostos de madeira-plástico, porque apresentam muitas vantagens. As folhas são resistentes ao desgaste, não absorventes de água e anti-cupins, para que possam durar mais tempo em diferentes condições. Entretanto, necessita apenas de menos manutenção do que os tradicionais. Além das propriedades de isolamento térmico e acústico, que contribuem para a economia de energia e controle de ruído, respectivamente. Além de estarem disponíveis em diversos padrões ou acabamentos, permitindo customização para diversos estilos arquitetônicos, as paredes WPC também oferecem flexibilidade estética e ainda são resistentes o suficiente para uso como revestimento exterior em todos os tipos de construções. Concluindo, a durabilidade encontra a funcionalidade com a beleza quando você escolhe painéis de parede wpc em vez de outros materiais.

Atributos de molduras de portas WPC duráveis

Ambientes residenciais e comerciais podem se beneficiar das muitas vantagens das molduras de portas WPC duráveis. Eles não sucumbem facilmente à umidade, evitando empenamento, inchaço e apodrecimento, como fariam as molduras de madeira tradicionais. Outro aspecto importante é o seu alto nível de durabilidade, que garante anos de uso mesmo em diferentes condições de ambientes sem comprometer o desempenho. Além disso, estes tipos de armações são resistentes a infestações de térmitas ou insectos, reduzindo assim os requisitos de manutenção e prolongando a sua vida útil. Além disso, proporcionam um bom isolamento térmico, ajudando a economizar o consumo de energia em residências ou edifícios de escritórios onde instalados. Além do mais, as portas WPC vêm em vários acabamentos e estilos, então você pode escolher o que melhor se adapta ao seu gosto, pois combina perfeitamente com qualquer preferência de design ou estilo arquitetônico.

Quais são os requisitos de manutenção para uma linha de produção WPC?

Quais são os requisitos de manutenção para uma linha de produção WPC?

Manutenção Regular de Máquinas de Extrusão

A manutenção regular é importante para as máquinas de extrusão, para que tenham o melhor desempenho e durem muito, especialmente quando se trata de produção de plástico ou linhas de produção de pvc wpc. Estas são as principais coisas que devem ser feitas:

  1. Limpeza: Remova regularmente qualquer lixo acumulado ou restos de substâncias das peças da máquina wpc para evitar obstruções e abrasão.
  2. Lubrificação: A lubrificação é vital em toda a linha de produção de compósitos plásticos de madeira, garantindo seu bom funcionamento. Os lubrificantes devem ser aplicados de forma consistente nas seções móveis para minimizar o atrito entre elas, reduzindo assim as quebras mecânicas.
  3. Verificação: Examine frequentemente parafusos, cilindros, caixas de engrenagens, etc., que são componentes críticos para não deixá-los desgastar-se além do ponto de substituição.
  4. Ajuste: O dispositivo necessita de calibração após algum tempo para que seu controle sobre o processo de extrusão permaneça preciso, garantindo assim a fabricação contínua de produtos de qualidade.
  5. Sistemas de resfriamento: Devem ser verificados para verificar se funcionam bem para evitar superaquecimento e manter temperaturas de extrusão consistentes.
  6. Sistemas Elétricos: Inspecione regularmente os sistemas elétricos, procurando sinais como fios desgastados, conexões soltas, etc., pois a não observância disso pode causar interrupções operacionais.

Garantindo o controle de qualidade na produção de WPC

Muitas etapas importantes são necessárias para garantir o controle de qualidade durante a fabricação do WPC, para que os padrões do produto possam ser mantidos de forma consistente. Essas medidas incluem:

  1. Avaliação de matérias-primas: Antes de serem utilizadas na produção, as matérias-primas devem ser testadas regularmente quanto à qualidade e composição em relação aos padrões de referência estabelecidos.
  2. Monitoramento Durante a Produção: O monitoramento contínuo deve ser feito em diferentes pontos ao longo da linha de extrusão para manter os níveis de qualidade exigidos. Parâmetros de extrusão como temperatura, pressão e taxa de fluxo de material devem ser monitorados continuamente para detectar qualquer anormalidade na qualidade do produto.
  3. Inspeção de Produtos: Realizar inspeções regulares em produtos acabados seguindo um método sistemático que verifica uniformidade, precisão dimensional e acabamento superficial, entre outras qualidades.
  4. Teste: Realize testes mecânicos e físicos em itens fabricados de WPC para determinar propriedades como resistência à tração, resistência ao impacto ou estabilidade térmica.
  5. Documentação: Manter registros de todos os testes de CQ realizados até o momento, incluindo resultados de inspeção, etc.; isso ajudará a monitorar a uniformidade do produto e permitirá fácil rastreabilidade quando necessário.
  6. Treinamento de Pessoal: Treinar todos os colaboradores envolvidos nas diversas etapas da fabricação sobre o que se espera deles em relação ao cumprimento das normas durante o processo produtivo do compósito madeira-plástico.

Quais são os benefícios do uso do WPC na construção?

Quais são os benefícios do uso do WPC na construção?

A versatilidade do deck WPC

Tendo passado muito tempo na indústria da construção, eu diria que os decks de Wood Plastic Composite (WPC) são uma das coisas mais flexíveis que existem. Criados com fibras de madeira e plástico, os decks WPC são resistentes porque não precisam de muita manutenção. Pode ser usado ao ar livre porque não apodrece nem é comido por cupins como a madeira normal. A beleza do WPC também pode ser ajustada para imitar a madeira natural, garantindo ao mesmo tempo que atende aos níveis exigidos de resistência ao deslizamento em áreas de produção de compostos de madeira-plástico onde a segurança é fundamental. Além disso, os decks WPC são ecologicamente corretos, pois são em sua maioria feitos de materiais reciclados, reduzindo o desperdício durante a fabricação. Quer você as queira para o pátio do seu quintal, para a calçada de um prédio de escritórios ou até mesmo para o calçadão do parque da cidade - essas pranchas são ótimas!

Benefícios ambientais do composto plástico de madeira

Os compósitos madeira-plástico (WPCs) são feitos de fibra de madeira recuperada e materiais plásticos. Podem ser utilizados em espaços exteriores, como decks ou pátios, porque são amigos do ambiente. A reciclagem é uma das partes mais essenciais de ser verde. É bom saber que esses produtos reduzem os resíduos em aterros sanitários e ao mesmo tempo salvam árvores! Além disso, não há tanta poluição produzida durante a produção como outros recursos de construção, o que é fantástico!!! Os WPCs resistem bem ao apodrecimento devido a insetos que não gostam deles, então eles duram mais do que algumas coisas poderiam ter durado se expostos constantemente ao ar livre, o que economiza ainda mais recursos ao longo de uma época em que precisaríamos de coisas novas, mas não tínhamos nenhum. deixou porque tudo se esgotou novamente… Finalmente, meu último ponto aqui, entre muitos outros, poderia ser este: os construtores que usam o WPC ajudam a criar economias circulares usando-o uma vez e depois reutilizando-o duas vezes antes de descartá-lo – reduzindo assim os impactos ambientais sobre canteiros de obras em geral.

Fontes de referência

Composto madeira-plástico

Cloreto de polivinila

Extrusão

Perguntas frequentes (FAQ)

Perguntas frequentes (FAQ)

P: O que é uma linha de extrusão WPC?

R: Uma linha de extrusão WPC é uma configuração de produção de composto de madeira-plástico (WPC). Consiste principalmente em um extrusora de parafuso duplo, linha de produção de perfis e outras máquinas utilizadas para extrusão de diversos tipos de produtos WPC, como placas, perfis e pisos, entre outros.

P: Quais materiais são comumente usados na produção de WPC?

R: Na maioria dos casos, PVC, PE e PP são os materiais comuns misturados com fibras de madeira para produzir WPC. Esses materiais são misturados em uma extrusora para processamento em grânulos compósitos, que podem então ser usados para produzir vários perfis ou formatos através do processo de extrusão.

P: Quais são as vantagens de usar uma extrusora de rosca dupla para produção de WPC?

R: O uso de uma extrusora de rosca dupla oferece vários benefícios, incluindo; melhor mistura e composição de materiais, melhor controle de qualidade devido à uniformidade nas proporções de mistura em todo o lote sendo processado e maior eficiência durante a extrusão porque garante homogeneidade consistente do fundido, melhorando assim as propriedades de fluxo dentro das matrizes ou moldes empregados durante a fase de moldagem. Por último, permite a incorporação de materiais reciclados, o que torna este tipo adequado para extrusões de perfis em linhas de produção de PVC wpc.

P: Que tipos de produtos podem ser feitos com uma linha de extrusão de perfis WPC?

R: Esta máquina pode produzir qualquer coisa, mas alguns exemplos incluem tábuas de decks, caixilhos de janelas, caixilhos de portas, revestimentos de paredes, paletes e outros itens relacionados à construção onde pode ser desejada uma forte resistência contra a absorção de água

P: Como o processo de reciclagem se integra a uma linha de produção WPC?

R: O processo de reciclagem é geralmente integrado nessas linhas através do uso de máquinas de reciclagem de plástico, que transformam resíduos de plástico em granulados reutilizáveis que podem então ser realimentados na mesma extrusora WPC, tornando assim a fabricação mais ecológica e econômica.

P: Como funciona uma linha de extrusão de chapa ao produzir WPC?

R: Uma linha de extrusão de chapas produz chapas WPC planas, que podem ser posteriormente processadas em diferentes produtos finais, como pisos, painéis de parede ou componentes de móveis. Isso amplia a gama de produtos WPC que podem ser fabricados.

P: O que você entende por grânulos de WPC e como eles são aplicados?

R: Em uma máquina extrusora, as fibras de madeira são combinadas com materiais plásticos para formar um produto intermediário chamado grânulos de WPC. Esses grânulos são posteriormente alimentados em uma extrusora de perfis ou qualquer outro tipo de extrusora para produzir decks, revestimentos, cercas, etc., que são os produtos finais neste caso.

P: Por que é necessário ter extrusoras de alta qualidade nas linhas de produção WPC?

R: Uma extrusora de boa qualidade ajuda a obter uniformidade nas especificações do produto; leva a um processamento eficiente e minimiza o desperdício de material. Ele garante a mistura e extrusão adequadas do material, resultando em WPCs fortes, duradouros e orientados para o desempenho.

P: Quais são as semelhanças entre uma máquina extrusora de chapa e perfil para WPC?

R: Uma linha de produção de perfis destina-se à fabricação contínua de diferentes tipos, como placas de decks, sistemas de corrimão e cercas. Por outro lado, uma linha de extrusão de chapas produz chapas planas que podem ser cortadas ou moldadas em vários produtos finais.

Produtos de Jieya
Publicado recentemente
Categorias de blogs
Contato Jieya
Demonstração do formulário de contato
Role para cima
Entre em contato conosco
Deixe um recado
Demonstração do formulário de contato